América Residencial, a melhor rede de Casas de Repouso da Baixada Santista!

Casas de Repouso para Viver a Melhor Idade. Faça uma visita sem compromisso!

Central de Atendimento

Entre em contato com a clínica de sua preferência:

Central de atendimento

(13) 98108-6411

Unidades

  • Clínica Santos - Pompéia (13) 3225-5015
  • Clínica Santos - Vila Rica (13) 3227-2170
  • Clínica Praia Grande (13) 3493-8260

Cuidados na Prevenção de Feridas na Terceira Idade

Feridas na terceira idade são frequentes, principalmente por conta do envelhecimento da pele que a deixa mais frágil, mais permeável e menos elástica.

Agora, é preciso ser muito vigilante, pois algumas feridas podem se complicar, se tornar crônicas ou até esconder lesões mais profundas.

Por isso que é tão importante a prevenção, e na menor dúvida, o melhor é consultar um médico.

Então, a pele do idoso é mais vulnerável a se romper com pequenos traumas, fricção ou atrito, e sem falar que na terceira idade, há a redução da visão e capacidade cognitiva.

Ou seja, existe uma série de fatores que tornam os idosos mais suscetíveis a quedas, traumas e surgimento de feridas.

No entanto, separamos aqui algumas dicas de cuidados na prevenção de feridas em idosos e alguns sinais para ficar alerta.

Por que é importante a prevenção de feridas na terceira idade?

Antes de passarmos algumas dicas de prevenção de feridas na terceira idade, saiba que, com o envelhecimento, o corpo vai perdendo uma série de funções.

Por exemplo, a pele também sente o avançar da idade: perde a elasticidade, os vasos sanguíneos ficam mais frágeis, o que acaba tornando os idosos mais suscetíveis a infecções.

Dessa forma, lesões e feridas são frequentes na terceira idade, e justamente por isso o cuidado deve ser redobrado.

Idosos que ficam muito tempo deitados ou sentados, têm maior risco de apresentarem úlceras por pressão, que são as escaras, e se não forem tratadas podem gerar muita dor.

Além disso, é essencial observar com atenção as feridas, pois dependendo do caso requer internação hospitalar.

Veja  a seguir quais as feridas mais comuns em idosos.

Quais são  as feridas mais comuns em idosos?

Quando se trata de feridas na terceira idade, é preciso identificar qual tipo de ferida, pois cada uma exige um cuidado especial.

E quais as feridas mais comuns?

1.Feridas decorrentes de doenças de pele

Na maioria das vezes, as lesões provocadas por doenças de pele são mais avermelhadas.

Só que os idosos costumam coçá-las, o que acaba abrindo feridas.

Como já foi dito, devido à desidratação da pele, que é comum na terceira idade, isso aumenta a chance do aparecimento de pequenos machucados, especialmente em áreas de articulação.

2.Feridas provocadas por quedas

Com o avançar da idade, os músculos e ossos tendem a ficar mais fracos, o que aumenta a chance de quedas.

E, dependendo do tipo de queda, as lesões podem ser mais sérias, especialmente aquelas com maior extravasamento de sangue.

Nesses casos, a recomendação é deixar a ferida aberta para ajudar na cicatrização.

3.Feridas causadas por alergias

As  feridas na terceira idade também podem ter origem em alergias, que podem evoluir para pequenos machucados.

Por exemplo, a urticária. A tendência é coçar, o que faz com que se abram pequenas feridas na pele.

4.Feridas associadas a roupas

Um exemplo bem fácil de entender são idosos que usam fraldas geriátricas.

Seja porque estão muito apertadas, não são trocadas com frequência ou mesmo o material da fralda.

Caso isso aconteça, é fundamental remover a fralda com muito cuidado e avaliar muito bem a ferida.

5.Escaras

Talvez as escaras, também chamadas de úlceras de pressão, sejam as mais difíceis de serem tratadas.

Aparecem em idosos que estão acamados ou ficam muito tempo sentados.

Especialistas aconselham que as escaras devem ser tratadas por profissionais habilitados e que sejam treinados em fazer curativos.

Então, essas são as feridas na terceira idade mais comuns. Mas, independentemente de qual seja o tipo de ferida, é preciso levar três pontos em consideração:

  • Avaliar a ferida;
  • Definir os cuidados a serem tomados.
  • Fazer um acompanhamento.

Veja a seguir dicas de cuidados na prevenção dessas feridas.

Dicas de cuidados na prevenção de feridas na terceira idade

Agora que você viu como é importante estar atento a feridas na terceira idade, veja alguns cuidados na prevenção:

1.Hidratar bem a pele

Geralmente, a pele do idoso é mais seca. Por isso é fundamental hidratar a pele, principalmente braços e pernas (são áreas mais secas) com cremes ou loções, de preferência sem cheiro.

2.Banho com água mais fria

Além de evitar tomar muitos banhos por dia, recomenda-se que a água seja mais fria, pois a água quente resseca ainda mais a pele.

Durante os banhos, não usar buchas ou esponjas, uma vez que reduzem a proteção da pele, aumentam o ressecamento e o risco de alergias.

3.Uso de protetor solar diariamente

Na verdade, o protetor solar deve ser usado em qualquer idade, mas na terceira idade é ainda mais importante.

De preferência, usar protetores solares com FPS superior a 30.

4.Ingerir água com frequência

O idoso normalmente tem menos sede, mas tenha em mente que isso aumenta o risco de desidratação.

Então, pessoas na terceira idade devem ingerir muita água ao longo do dia, principalmente em dias mais quentes.

5.Trocar o idoso de posição

No caso de o idoso estar acamado ou ficar muito tempo em uma cadeira de rodas, por exemplo, é essencial fazê-lo trocar de posição, pois isso ajuda a evitar escaras.

Fazer também com que o idoso se exercite permite melhorar a circulação, diminuindo o risco de feridas na terceira idade.

6.Manter uma boa higiene pessoal

Aqui, algumas medidas preventivas ajudam muito:

  • Lavar e secar bem os pés, em particular a região entre os dedos, para evitar a proliferação de fungos;
  • Cortar as unhas para que o idoso não se machuque;
  • Secar suavemente após o banho;
  • Usar sabonetes neutros e indicados para pele sensível.

Além de todos esses cuidados, principalmente a pessoa que lida com o idoso, deve inspecionar pernas e braços regularmente.

E sempre observar a aparência das veias, vermelhidão, manchas, varizes e machucados.

No caso de surgir uma lesão ou alguma antiga mudar de forma e sangrar, é necessário uma avaliação médica.

Mas com todas essas dicas de cuidados de prevenção de feridas na terceira idade, é possível reduzir significantemente não apenas o aparecimento de lesões, mas não piorar as feridas já existentes.

Deixe uma resposta

Clínica América
X
Olá14:24
Quer saber mais informações sobre a Clínica América?14:24
Entre em contato via Whatsapp14:24

    WhatsApp  Clínica América 1
    Criação e otimização de sites Agência Ótima Ideia