América Residencial, a melhor rede de Casas de Repouso da Baixada Santista!

Casas de Repouso para Viver a Melhor Idade. Faça uma visita sem compromisso!

Central de Atendimento

Entre em contato com a clínica de sua preferência:

Centrais de atendimento

Santos: (13) 97416-2031

Praia Grande: (13) 99722-2888

Unidades

  • Clínica Santos - Pompéia (13) 3225-5015
  • Clínica Santos - Vila Rica (13) 3227-2170
  • Clínica Praia Grande (13) 3493-8260

Cuidados na Prevenção de Acidentes na Terceira Idade

Quando se pensa na terceira idade, a primeira coisa que vem em mente são os  cuidados na prevenção de acidentes, pois correm um risco muito maior.

Isso porque os acidentes sofridos por idosos são numerosos e podem ter consequências bem graves: fraturas, hematomas, perda de autonomia, de autoestima, e sem falar, na própria morte.

E não poderíamos falar de acidentes domésticos sem citar as quedas, pois representam quase a metade dos acidentes entre idosos com mais de 65 anos.

Se uma queda pode parecer algo sem muita importância para uma pessoa saudável, as consequências podem ser bem mais sérias para uma pessoa idosa.

Por exemplo, fraturas que necessitam uma hospitalização, perda de consciência, complicações infecciosas, medo de cair novamente…

Então, todo o cuidado ainda é pouco!

Por isso que vamos explicar em mais detalhes quais acidentes são mais frequentes na terceira idade e como tomar medidas preventivas para reduzi-los o máximo possível.

Qual a importância dos cuidados na prevenção de acidentes na terceira idade?

Para entender a importância dos cuidados na prevenção de acidentes, você sabia que os acidentes domésticos na terceira idade representam um risco muito maior do que as agressões físicas ou acidentes na rua?

E é exatamente por isso que os cuidados são tão importantes!

Segundo a Organização Mundial de Saúde, os idosos são as pessoas mais propensas a sofrer acidentes domésticos, onde de 28 a 35% de pessoas com mais de 65 anos sofrem algum tipo de queda a cada ano.

Só que essa estimativa aumenta de 32 a 42% em idosos com mais de 70 anos.

Agora, os acidentes entre os idosos não estão diretamente ligados às suas atividades, mas antes de tudo:

  • Aos efeitos do envelhecimento (fragilidade física, perda de visão e audição, etc.;
  • Às casas mal adaptadas;
  • Ao isolamento;
  • À alimentação desequilibrada, o que pode levar à desnutrição;
  • Ao uso excessivo de medicamentos.

Esses são apenas alguns fatores, mas acidentes são muito mais graves por conta da fragilidade e os riscos de morte após um acidente aumentam com o avançar da idade.

Dessa forma, a adaptação das residências se torna cada vez mais necessária, para uma melhor proteção contra os acidentes.

Quais os acidentes domésticos mais comuns entre os idosos

Agora que você já viu por que é importante o cuidado na prevenção de acidentes na terceira idade, veja quais os mais comuns:

1.Quedas

As quedas são os acidentes mais frequentes, mas acontece que, na terceira idade podem resultar em ferimentos e em fraturas graves, como de crânio e fêmur.

E dependendo da gravidade da queda e de possíveis complicações, podem inclusive levar à morte.

Geralmente, uma primeira queda aumenta a probabilidade de uma nova queda, e até mesmo pelo medo de cair novamente, o idoso tende a se isolar e limitar sua mobilidade.

2.Queimaduras

As queimaduras podem debilitar bastante uma pessoa idosa, e geralmente acontecem na cozinha no momento de preparação das refeições.

Pode ocorrer também no banheiro, por exemplo, quando a água do chuveiro está muito quente.

O problema aqui é que a pele do idoso normalmente é mais sensível, o que aumenta o risco de queimadura.

3.Intoxicações

Na maioria das vezes, as intoxicações são devido à mistura de medicamentos ou a superdosagem.

Muitos idosos podem acabar se esquecendo que já tomaram um remédio e tomar novamente, o que pode causar uma interação medicamentosa.

Por isso que se deve ter uma vigilância redobrada ao administrar os medicamentos do idoso.

4.Asfixia

A asfixia acontece geralmente durante o sono, que é quando a pessoa idosa não consegue voltar à posição adequada.

Uma outra forma de asfixia é devido a engasgos com remédios ou comida. Se a pessoa não for atendida imediatamente, pode sim causar uma asfixia.

É essencial que todas as pessoas envolvidas com os cuidados dos idosos estejam sempre alertas, pois isso pode ajudara reduzir os casos de acidentes.

Como prevenir acidentes na terceira idade

A fim de evitar que idosos sofram acidentes, os cuidados na prevenção de acidentes são essenciais.

Antes de passar à prevenção dos acidentes em si, vale lembrar a importância de praticar uma atividade física regular e manter uma alimentação equilibrada.

Quando falamos em praticar uma atividade física é para o idoso se manter ativo, pois os exercícios permitem melhorar a flexibilidade, a força e a coordenação.

Já no aspecto da alimentação equilibrada, é porque as deficiências alimentares podem enfraquecer os músculos e os ossos, tornando assim os idosos mais vulneráveis a quedas e outros acidentes.

Vamos ver agora os principais cuidados na prevenção de acidentes com idoso. Para ficar mais claro, separamos por cômodos:

Na sala:

  • Evitar tapetes soltos;
  • Manter uma passagem livre entre os móveis;
  • Não deixar móveis fora do lugar;
  • Fixar fios elétricos e cabos;
  • Colocar antiderrapante nos tapetes;
  • Proteger as quinas dos móveis.

No quarto:

  • Manter  todos os pertences acessíveis;
  • Colocar um abajur perto da cama;
  • Ter uma cama com altura confortável, de forma que fique fácil se deitar e se levantar;
  • Deixar uma luz de emergência, caso o idoso precise se levantar à noite.

No banheiro:

  • Instalar barras de apoio no chuveiro e próximas ao vaso sanitário;
  • Posição adequada do vaso sanitário;
  • Tapete antiderrapante no chuveiro;
  • Depois do banho, secar o chão.

Na cozinha:

  • Colocar os utensílios em locais de fácil acesso;
  • Não deixar o piso molhado;
  • Adaptar as bancadas para uma altura confortável;
  • Dê preferência por panelas mais leves;
  • Sempre verifique se o idoso desligou o fogão.

Além de todos esses cuidados, também é importante evitar roupas muito compridas, que arrastam no chão, pois o idoso pode tropeçar e cair.

No caso de um ambiente com escadas, é essencial que tenha corrimões, assim como antiderrapantes.

Vale lembrar que os ambientes devem estar sempre bem iluminados, com interruptores em pontos de fácil acesso.

São medidas relativamente simples de serem adotadas, mas garantem a segurança e bem-estar do idoso.

É importante sempre conversar com o idoso e explicar porque tais os cuidados na prevenção de acidentes são necessários.

E embora alguns sejam um pouco mais resistentes a mudanças, vão acabar entendendo que é para o seu próprio bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clínica América
X
Olá14:24
Quer saber mais informações sobre a Clínica América?14:24
Entre em contato via Whatsapp14:24


    WhatsApp  Clínica América 1
    Criação e otimização de sites Agência Ótima Ideia